Desabafo

Eu te dei um abraço e a minha vontade era de te roubar, te levar embora e matar a minha vontade, a minha saudade / e matar a nossa vontade, a nossa saudade.
Me perdoe pelas minhas faltas e pelas minhas falhas. Mas é que mesmo acreditando que com você as coisas são perfeitas, eu não sou perfeita. (Droga! Espero que essa minha declaração não te faça cair fora).
É tão bom ter seus abraços/nossos abraços... Antes só os tinha na cama (e nem sei se você entedia que era isso que eu queria...). Bem, agora acho que posso tê-los em qualquer lugar (ah! acho que agora não vou precisar de outras pessoas para satisfazer a minha necessidade...rs!)
Obrigada por me dar tanto, por me fazer tão feliz e por me fazer sentir medo, medo de perder.
Odiei ler uma mensagem dizendo da minha falta de consideração, depois da sua voz e do seu tratamento... e você nem tinha me ouvido... Desculpa! Só que eu fiquei triste e nervosa, não podia fazer nada naquele momento e... meu coração estava apertado (tive medo...)
Desculpa! E desculpa por minhas desculpas!

Nenhum comentário: