dEUs

.
.
.
Odeio
ver-te
passar
e
não
falar
...

Nenhum comentário: